Login

Comprar

Alunos e Pais

Professores

Instituições

Produtos relacionados

Ativar códigos

Ensino à distância não é fazer videoconferências

Porto Editora tem ferramentas e plataformas que ajudam alunos, professores, pais, encarregados de educação. A Escola Virtual, a maior comunidade educativa virtual do país, disponibiliza conteúdos e recursos digitais de acordo com os planos curriculares.

Cursos de formação contínua para professores numa academia virtual sobre temas relevantes no processo educativo, desde as tecnologias no 1.º Ciclo, à gestão flexível do currículo, à educação para a cidadania. Sugestões e planos específicos para o ensino à distância feitos pelos autores dos manuais escolares. Conteúdos educativos digitais elaborados de acordo com os planos curriculares dos ensinos Básico e Secundário. Maneiras de potenciar o ensino e explorar novos percursos. Vídeos, tutoriais, livros, exercícios. Uma equipa de apoio disponível para ajudar professores e restante comunidade sobre qualquer matéria, da mais básica à mais complexa. A Porto Editora tem um conjunto de ferramentas que facilitam o ensino à distância.

O caminho no mundo virtual e nos recursos educativos digitais não é de agora. Tem um passado. A Escola Virtual (EV) surgiu em 2005 como uma plataforma de estudo para os alunos do século XXI. Hoje é a maior comunidade educativa virtual do país que se diferencia por ter recursos educativos digitais catalogados de acordo com os currículos do Ensino Básico e Secundário e congregar tudo isso numa plataforma que disponibiliza um conjunto de ferramentas que permite o processo de ensino e aprendizagem em qualquer lugar, a qualquer hora, em qualquer circunstância.

A EV tem conteúdos para praticamente todas as disciplinas do 1.º ao 12.º ano. Planos complementares ao que está nos manuais escolares. Vídeos. Exercícios para alunos. Turmas em rede. Um perfil pedagógico de cada estudante que o professor pode consultar para perceber dificuldades e melhorias. Com o encerramento das escolas a 16 de março, com alunos e professores em casa, a EV disponibilizou gratuitamente os seus conteúdos, e assim se manterá até ao final do ano letivo. De cerca de 250 mil subscritores há poucas semanas, hoje tem cerca de 800 mil.

Em 2008, a EV já trabalhava numa lógica de ensino colaborativo. A plataforma não é apenas um repositório de conteúdos, permite potenciar a relação entre professores e alunos, descobrir novas ferramentas, usar outras metodologias. E os algoritmos da inteligência artificial dizem como o aluno deve estudar, em que matérias está melhor e pior, onde insistir, o que aprofundar. Há um caminho feito que encaixa no que agora está a acontecer com a aplicação e generalização do regime do ensino à distância. “Não acordamos para isto agora. Na prática, tínhamos a solução para um problema que ainda não existia”, refere Rui Pacheco, diretor do Centro Multimédia da Porto Editora, em declarações ao EDUCARE.PT.

[…]

Veja o artigo na íntegra em: Educare.pt

Voltar aos artigos
To Top

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.