Login

Comprar

Alunos e Pais

Professores

Instituições

Produtos relacionados

Ativar códigos

Promover comportamentos amigos do ambiente (digital)

O aquecimento global divide opiniões: há quem acredite que o planeta está a ser destruído graças à poluição e outros que não concordam que o ambiente esteja em risco, ou que a ação do homem esteja a ter esse impacto.

A internet é uma fonte eficaz para alertar consciências. Para aqueles que se situam no grupo dos que temem as consequências para o meio ambiente, este tópico é de elevadíssima importância e há uma espécie de obrigação para alertar consciências.

As crianças são o grupo que mais beneficiará, no futuro, das opções mais corretas que possamos fazer hoje. E serão elas, porventura, um dos principais motores de mudança. Por exemplo, muitas famílias começaram a considerar a reciclagem como uma opção porque os seus filhos foram incentivados na escola a fazer a separação do lixo.

A internet é, para este efeito, um meio muito eficaz. Em primeiro lugar, porque fornece informação não só científica, mas também sugestões concretas para introduzir mudanças na vida das pessoas. E é, para além do mais, um canal de difusão de ideias ao alcance de quem quer influenciar os outros.

Como atividade para desenvolver com as crianças, pode-se fazer um levantamento de dicas úteis para comportamentos mais amigos do meio ambiente. Ninguém mudará o mundo se em primeiro não for capaz de alterar as suas próprias rotinas. E, para isso, há sugestões diversas que uma pesquisa nos motores de busca encontrará com facilidade.

Uma outra sugestão é criar mensagens com impacto sobre o aquecimento global. Uma forma muito eficaz de o fazer é através de pequenos vídeos com mensagens poderosas. Ao aceitar este repto, as crianças poderão também aprender mais sobre esta técnica que capta a atenção dos utilizadores da internet e das redes sociais, através das quais se difundem estas mensagens, quando são bem construídas. Alguns tornam-se virais, como se diz na gíria da internet, atingindo uma vasta audiência.

Para isso, existem sites ou apps que permitem produzir vídeos de grande qualidade sem competências técnicas de edição de vídeo. Ferramentas como o Animoto ou Bitebale possibilitam a criação de vídeos com os ingredientes necessários para surpreender colegas e familiares, quando disponibilizado através do YouTube.

Para além do mais, esta é uma forma de criar e disponibilizar um vídeo que não é intrusivo, pois não requer a exposição de dados pessoais ou da utilização de imagens das crianças.

Finalmente, a propósito deste tema, vale a pena explorar com as crianças a ideia de como promover uma participação mais ecológica nos ambientes virtuais.

Se reconhecemos que a natureza precisa de ser cuidada, como muita da nossa vida passou a existir num mundo digital, temos de colocar o mesmo cuidado para fomentar uma internet sem poluição. E isso depende da forma ecológica como cada um se faz presente nas redes sociais. Evitando, por exemplo, ser emissor de mensagens falsas, de utilizar linguagem insultuosa ou agressividade gratuita, ou produzindo conteúdos de qualidade.

A nossa pegada deve ser ecológica em ambos os ambientes, real e digital.

Luís Pereira

Voltar aos artigos
To Top

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.